23 de set de 2012

Tristeza e Desânimo, o que fazer?

           Quem de nós nunca passou por momentos de desânimo, tristeza e até falta de esperança?

     Acredito que todos já tivemos situações como essa; isso faz parte de nosso psiquismo, porém o que observo é a diversidade de maneiras que as pessoas buscam para enfrentarem e saírem dessas crises emocionais tão limitantes.         

     É claro que isso é bastante pessoal, pois tem relação com necessidades particulares. Há aqueles que buscam apoio em outras pessoas, outros tentam minimizar essa dor se entregando ao consumismo desnecessário e porquê não lembrar os que, na grande maioria, caem em estados depressivos intensos e prolongados. No entanto, algo que podemos e devemos lembrar sempre, que funciona como um bálsamo que temos a nosso dispor, aliás, o mais salutar, é o amparo Divino.

NÃO ESMOREÇAS
Quando o desânimo te ameace, porque os teus melhores planos pareçam desfeitos;
Quando a sombra da tristeza te invada o coração dolorido, à vista dos desenganos que nunca esperaste;
Se recursos te faltam para o imediato recomeço de tarefas que aspirais a restaurar e se os próprios amigos desaparecem, não esmoreças e nem percas a esperança.
Trabalha como e onde puderes.
Servindo sempre, na certeza de que trazes, contigo, a força do companheiro fiel que jamais te abandona, porque tens Deus.
 
 Deus permanece agindo.
Extraído da Obra Recados Do Além 
Espírito: Emmanuel - psicografia: Francisco Cândido Xavier 


     Então, o que podemos extrair dessa mensagem de Emmanuel? Que podemos continuar calmos, procurando apenas recursos em nós mesmos, lembrando que se estivermos firmes em propósito e seguros em Fé, Deus já está agindo para nosso melhor!



Transformando nossas vidas

Ieda Perez






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...