23 de abr de 2014

A Luz Que Há Em Você



Vê, pois, que a luz que em ti há não seja trevas.  -  LUCAS, II:35


Falar da luz que há em nós representa admitir a presença Divina em nossa vida. Mas muitos dirão que isso só acontece em seres muito evoluídos.

É claro que aqueles que ainda se demoram na maldade, estão um tanto distante dessa luz, entretanto, isso não deve significar que ela não possa estar dentro desse ser. Afinal, ele também é criação de Deus, apenas está atrasado no processo evolutivo, distante da Luz e do Amor. 


Percebo que esse assunto é de difícil compreensão, porém devemos trazer o entendimento para nosso dia-a-dia, colocando essa lição evangélica em nossa rotina de relacionamentos, de questões sociais. Entretanto nessa hora o que mais fazemos é dificultar ainda mais o  reconhecimento de nossa luz interna, pelo simples fato de que diante de todo e qualquer problema, nossa atitude imediata é sempre olhar para fora de nós; atribuir a causa do problema fora, geralmente no outro que compartilhamos tal questão.


Por essa razão, torna-se ainda mais difícil aprender o que essa situação pode estar nos possibilitando, que pode ser um crescimento, com isso desperdiçamos a oportunidade valiosa. Ao contrário, ficamos tentando encontrar uma maneira de sairmos da questão problemática, buscando formas exteriores, esquecendo que temos dentro de nós essa LUZ. 

E é justamente ela quem vai nos tirar dos problemas, mas insistimos em ficar acusando o que está fora, num esforço quase sempre infrutífero de modificar o quadro ou alguém; por isso demoramos tanto tempo para evoluir.


Esse texto abaixo está no livro LIÇÕES PARA O AUTOAMOR de Ermance Dufaux. Veja que interessante o que  ela escreve sobre o assunto e o mais intrigante, a relação que faz com nosso autoamor, que ainda temos tanta dificuldade de aprender.



Cap. 5 - página 20 

     Ainda que suas sombras interiores despertem o desânimo, persevere.
     Mesmo que seus sentimentos conspirem contra seu esforço pessoal, avance.Se as forças opositoras o envolverem no pessimismo, esforce-se um pouco mais.  

Quando todos os obstáculos do caminho lhe parecem intransponíveis, pare um pouco, pense em Deus e prossiga. 
 
Somente trabalhando e se esforçando na transformação de seus impulsos de paralisia e derrotismo descobrirá dentro de si mesmo os potenciais luminosos que serão as chaves libertadoras dos grilhões das imperfeições que você carrega e dos problemas que ainda amontoa.   

Sombra é ausência de luz. Acendendo o clarão, ela bate em retirada.Quando estiver a ponto de desistir, recorde que esse é o momento mais precioso de seus testemunhos.    

A resistência, quando colocada à prova, significa aferição com o intuito de promover a criatura a aprendizados mais avançados nas lições do aprimoramento espiritual.  
            
Tenha cuidado de si mesmo nessa hora, para que a abençoada ocasião de aprender não passe sem que você retire dela o melhor que puder.

Transforme a treva com a luz que há em você.                                                             
Guarde a certeza de que jamais se sentirá desamparado se resolver acreditar no seu guia interior, pleno de luminosidade e pronto a orientá-lo na direção da harmonia



Transformando Nossas Vidas
Ieda Perez


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...