19 de mar de 2016

VIDAS PASSADAS: Porquê preciso saber?


Sempre que converso com alguém e informo que trabalho com Vidas Passadas, é comum me perguntarem se isso é necessário, ou melhor, para que serve descobrir sobre nosso passado tão distante.


Entretanto, o que percebo é que existem diversas dúvidas a respeito, porém, como acontece com tudo, as opiniões controversas sempre existem quando não há pleno conhecimento de um assunto; e nesse caso ocorre isso também.

É claro que existem muitas pessoas que se submetem a processos terapêuticos valiosos, que obtêm resultados bastante satisfatórios. No entanto, há outros que não conseguem aliviar dores e conflitos internos angustiantes apenas em consultórios psicológicos em que o trabalho é voltado à buscar as razões do sofrimento apenas na infância. 

São os casos em que essas dores emocionais são provenientes de uma ou mais existências onde houveram situações traumáticas ou até mesmo fatais. Aquela sensação que a envolveu no momento foi tão forte e muitas vezes não tratada na época, que permanece com o espírito, a ponto de carregar até a vida atual aquela impressão.

Além disso, há também outra questão que é o aspecto consciencial abordado na Psicoterapia Reencarnacionista; levando em consideração que a eficácia da técnica não se aplica apenas nos casos de desligamento de fatos do passado,mas também no profundo trabalho de autoconhecimento que promove.

Através do acesso às personas de outras vidas, há um entendimento das razões porque hoje temos certos pensamentos e sentimentos. E principalmente quando eles nos trazem situações desconfortáveis em nossa vida atual. Percebemos que repetimos padrões de comportamento e concluímos que isso em geral está atrapalhando nosso crescimento interior.

Com isso, o processo terapêutico torna-se rápido em função dessas novas descobertas a nosso respeito. Sabermos como estamos sendo durante muitos séculos.

Deixe seu comentário ou dúvida no espaço abaixo desse post. E se gostou do assunto, compartilha com seus amigos, talvez possa auxiliar alguém que precisa desse conhecimento.



Transformando Nossas Vidas

Ieda Perez
www.facebook.com/terapiasnaturais
e-mail: terapeuta.iedaperez@gmail.com


Leia também:
Personalidade Congênita
Saiba o que é Regressão Terapêutica

7 de fev de 2016

Psicoterapia Reencarnacionista: Você Conhece?


Embora aqui no blog temos vários artigos na categoria Psicoterapia Reencarnacionista, nesse texto você terá uma rápida explanação, caso seu interesse seja uma leitura breve.

Quando me apresento como Psicoterapeuta Reencarnacionsita, as pessoas se interessam bastante, justamente por acreditarem na reencarnação e terem uma idéia a respeito do tema, no que se refere às nossas vivências do passado.

Entretanto, por nunca terem ouvido falar sobre essa nova forma de fazer terapia, geralmente questionam muitas dúvidas. A principal delas está na definição exata dessa modalidade de terapia com o nome de Psicoterapia Reencarnacionista:

O que é exatamente a Psicoterapia Reencarnacionista ?
É uma visão psicoterápica que abrange a Reencarnação, com consultas que envolvem conversas e regressões a encarnações passadas. 

Finalidade:
Auxiliar as pessoas a entenderem o que necessitam mudar no sentido da evolução espiritual e poderem melhorar ou curar transtornos de difícil solução.

Metodologia:
As recordações são estimuladas pelo mentor espiritual da pessoa (nas sessões de regressão), sendo que o terapeuta não tem interferência nenhuma nesse processo. Somente o mentor sabe os principais fatos que são necessários, para o andamento do trabalho, sendo que em cada caso há um desenrolar totalmente diferente, de acordo com a necessidade da pessoa em tratamento.

Funções da Regressão:


  •  Desligamento: ocorre quando uma pessoa está sofrendo na vida atual por estar ainda presa a um fato traumático de vidas passadas; mais comuns em casos de fobias, transtorno de pânico, depressão ou também comportamentos quase neuróticos em torno de alguma situação básica na vida atual; nesses casos apenas uma sessão já dá início ao processo de cura.
  • Consciencial: essa forma de trabalho é mais profunda, envolve um despertar da consciência no nível espiritual, levando em consideração a real necessidade dessa vivência na condição atual, familiar, social, comportamental ou mesmo doenças consideradas carmática.

 Finalidade principal: o maior benefício dessa terapia é as pessoas regredidas poderem recordar como eram nos últimos séculos, dessa forma comparando como tem sido na existência atual.   Com isso conseguem entender melhor o motivo da reencarnação atual. Enquanto nas terapias de regressão convencionais o único benefício é o desligamento, na Psicoterapia Reencarnacionista,   obtemos aquilo que André Luis nos mostra no livro Obreiros da Vida Eterna, pags. 32-34 (na palestra de Dr. Barcelos), que é a Personalidade Congênita. 
Portanto é a base do tratamento psicoterápico, visando ajudar as pessoas a encontrarem sua proposta de Reforma Íntima e realmente aproveitarem a encarnação, conseguindo enfim realizarem sua evolução espiritual.

   Não pretendo alongar esse artigo, apenas quero informar mais uma situação onde a Psicoterapia Reencarnacionista tem excelente influência. No caso dos usuários de substâncias tóxicas, auxiliando-os a compreenderem melhor sua situação, relembrando que somos um Espírito reencarnado aqui na Terra com uma missão: obter maior evolução espiritual em nosso caminho rumo à Purificação.


     Se você quer ampliar esse conhecimento, poderá fazê-lo agora, acessando o artigo (artigo Psicoterapia Reencarnacionista) e obter mais informação a respeito.

Bom, espero ter sido clara e sintética a explicação, porém, se você quiser fazer perguntas ou deixar seu comentário aqui abaixo no campo próprio, fique à vontade.


Vou ficar feliz com sua participação!




Transformando Nossas Vidas

Ieda Perez


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...