8 de out de 2012

Culpa ou raiva! Experiências mal vividas

    Tenho encontrado pessoas que, devido um despertamento espiritual, estão vivendo momentos angustiantes; isso porque ficam somente mencionando fatos de suas vidas, que poderiam ter sido diferentes. E hoje reconhecem os erros e isso está gerando culpa em alguns ou raiva em outros.

      Acredito fortemente que tudo que ocorre em nossa vida tem um propósito, inclusive e principalmente os erros e atitudes indevidas, que muitas vezes nos prejudicaram ou a outros.

     No entanto, penso que ficarmos remoendo os pensamentos que geram sentimentos dolorosos só irá nos conduzir a estados também angustiantes. Ao contrário, se pudermos olhar para o passado culposo e aprendermos com ele, para corrigirmos o presente e futuro, será muito mais produtivo e nos isso livrará de qualquer estado culposo ou de remorso.

     LIBERTE-SE DO ONTEM
"Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?"   Lucas: 12:26
 
     Na medida em que  você amadurece espiritualmente, vem o desejo de reorganizar as experiências mal vividas no ontem.
     Sentimento louvável e elevado, contudo, não se desgaste emocionalmente em cobranças e indisposições em razão do atordoamento que as noções de compromisso e carmas possam lhe inspirar.
     Muitas vezes, o voluntário esquecimento de acontecimento e até mesmo o afastamento de alguns corações será oportuna decisão em favor de dias mais estáveis na conquista de sua paz.
     Libertar-se do passado significa deixá-lo ir, soltá-lo.
     Em verdade, tal atitude é uma prova incontestável de aceitação e humildade.
     Se pensar bem, você não tem nenhum poder sobre o que passou, muito menos poderá governar o futuro.
     Prisão no passado gera tristeza. Prisão no futuro gera ansiedade.
     Entretanto, em relação ao presente você pode tudo. É o mínimo que a vida lhe confere em prol da sua liberdade.
 
Do livro Receitas para a Alma
              Ermance Dufaux
     Muito importante a atitude de reconhecimento de nossas falhas e igualmente importante a decisão de mudar; olhar para o passado com inteligência e gratidão, reconhecendo que  foi ele que permitiu nosso aprendizado, através dos erros cometidos  e dessa forma fazermos as transformações necessárias ao nosso (crescimento interior).

     Sem culpas, sem raiva, mas com muita coragem e determinação, pois livrarmo-nos do passado requer  humildade, esforço e persistência. 

     Se conseguirmos identificar em nossas (emoções) as verdadeiras razões de existirem, estaremos  com maior consciência e maturidade para promovermos essa mudança. Entendendo que a culpa é um sentimento antigo, que estamos acostumados e por isso nunca reagimos como deveria, ainda não aprendemos como lidar com ele; e a raiva esconde profundamente outros sentimentos como (mágoas) antigas não resolvidas dentro de nós.

Transformando nossas vidas

Ieda Perez


Você gostou desse texto?
Então deixe seu comentário, vou gostar disso!
E também aproveite para compartilhar em suas redes sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...